Agosto

1024px-joseph_severn_-_posthumous_portrait_of_shelley_writing_prometheus_unbound_1845
Posthumous Portrait of Shelley Writing Prometheus Unbound (1845),  Joseph Severn.

Os ventos de agosto trazem o gosto do teu cheiro. Eles vêm com o calor dos teus abraços e com o calor dos teus amassos. E eu caio em devaneios, como sob teu tato – teu domínio. Esses ventos a gosto têm gosto de saudade.


Lucas Lopes. Agosto de 2014

Anúncios

Um comentário sobre “Agosto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s