Em frente

the-boat-studio-1876
The Boat Studio (1876), Claude Monet.

Tenho sido tão vulnerável, tão sensível, tão atingível.
Alvo do meu impressionismo. Alvejado pelas minhas próprias sensações, minhas próprias respostas às circunstâncias.
Uma fraqueza.
Uma fraqueza?
Meu olhos se molham.
Meus lábios secam.

Os olhos… não veem nada.
Vejo somente lembranças e saudades
Cenas perfeitas do passado vivido
Diálogos inteiros dos melhores momentos de uma vida tão simples.

Esse coração que vos escreve é sensível e sente tudo
É frágil.
Não, é forte.
Resiste
Quando só, se derrama
Ah! Sigamos.

Entre lágrimas, entre angústias e ansiedades
Sigamos.


Lucas Lopes. 08 de setembro de 2016

Anúncios

Um comentário sobre “Em frente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s