À luta

renato-guttuso-funerali-di-togliatti
I funerali di Togliatti (1972), Renato Guttuso.

E não me venhas dizer
que não devo lutar, pra mim
não há derrota sem luta
não há vitória sem luta.
Não arredo fácil daqui.

Da luta não fujo
No embate eu persisto
E junto contigo eu insisto
E unidos, resisto.

É luta.
À luta.

Porque é meu direito
Teu direito.

É luta
de gado
de gente sofrida
de gente esquecida

De gente forte
aguerrida
combativa.

é luta diária
é luta de todos!

Lutar é dever
Resistir é instinto.

Na luta
no amor
é nisso que eu acredito

Não há luta sem amor.

E se gritamos juntos nas nossas lutas diárias
mais próximos um do outro estarão os nossos corações.

À luta
sigamos
amando!


Lucas Lopes. 03 de dezembro de 2016.

Anúncios

Um comentário sobre “À luta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s