Cinza

foggy-morning-no-2-1895blog

Foggy Morning, No. 2 (1895), Charles Reiffel.

liguei o rádio antigo na sala de estar
tocava aquela canção que me fez te conhecer
abri as cortinas e deixei a luz cinzenta entrar
acompanhada da brisa de dezembro

saí dançando a curtos passos
giros e meios giros
olhos fechados

braços e pernas seguiam o ritmo lento e preguiçoso,
tal qual nossa conexão

bebi teu vinho preferido
daquela garrafa que deixaste aqui

arremessei a garrafa na tela
impressionista que me deste de presente

dancei sobre o sofá

passos curtos e lentos
giros e meios giros
olhos fechados

chutei as almofadas sobre os retratos

perfeita cena do crime para fugir

segui dançando até a varanda suspensa
descobri que podia voar

alcei voo e fui morar na tarde cinzenta.

acordei numa mesa de bar.


Lucas Lopes. 22 de dezembro de 2016.

Traduzione in italiano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s